Comprando no Peru | Dos Manos Peru Viagens


Comprando no Peru

O Peru apresenta muitas oportunidades animadoras de compras de itens artesanais, de vários estilos e qualidades. Mercados, vendedores de rua e pequenas lojas oferecem uma variedade de opções para viajantes de baixo orçamento. Butiques elegantes e organizações de Comércio Justo oferecem um tipo diferente de experiência de compra para aqueles dispostos a pagar o preço por produtos de alta qualidade.

Comprando no Peru, Mercados no Peru

Mercados no Peru


Independente do seu objetivo ser ou não fazer compras nos mercados tradicionais do Peru, nós recomendamos fortemente que você visite alguns dos mercados locais enquanto estiver no país. Mesmo que a maioria dos mercados visitados por turistas estejam hoje altamente comercializados e voltados para visitantes internacionais, eles ainda são divertidos de se explorar. O mercado Pisac e o mercado San Pedro em Cusco são dois dos maiores e mais populares mercados que você não pode perder.

Cidades menores como Chinchero, que fica perto de Cusco, abrigam feiras semanais, normalmente aos sábados ou domingos, onde souvenires ficam à venda junto a uma variedade de produtos locais agrícolas.

Dicas para a compra de Souvenires no Peru


Um dos itens mais populares entre os turistas que compram no Peru são os tecidos.

Tenha estas dicas em mente quando for comprar tecidos:

Qualidade dos produtos

A maioria dos vendedores te dirão que você está olhando para tecidos de alpaca pura ou alpaca bebê pura. Raramente isso é verdade. Muitos vendedores possuem técnicas para fazer o produto se parecer com alpaca pura, quando ele é na verdade uma mistura de alpaca e fibras sintéticas. Muitos vendedores, também, anunciam seus produtos como “100% naturais”, tingidos somente com corantes naturais. Isso normalmente é mentira. Há corantes industrializados baratos disponíveis que são capazes de imitar corantes naturais mais caros.

Produção de comércio justo

Muitos vendedores também dizem que seus tecidos foram feitos à mão ou à base de comércio justo. No entanto, muitos destes tecidos são produzidos industrialmente, ou feitos sem a base do comércio justo. A maioria dos comerciantes trabalham como intermediários, comprando tecidos por um preço muito baixo de mulheres do interior que não têm acesso a turistas ou ao mercado turístico.

Então, eles revendem estes tecidos por um preço muito maior em suas lojas e embolsam todo o lucro.

O truque deles é dizer que trabalham em “condições de comércio justo” por saberem que os turistas ficam mais dispostos a comprarem um produto se eles acham que estão apoiando os produtores indígenas locais.

Atraindo consumidores para as lojas

Estas dicas podem ser aplicadas a outros produtos à venda no Peru.

Não se sinta obrigado a comprar nada, mesmo que os donos da loja tentem te convencer que você perderá “a melhor oportunidade”.

Esteja ciente de que até os guias turísticos as vezes possuem acordos especiais com alguns donos de loja. O guia recebe uma comissão por levar um grupo a uma certa loja e lucra com as vendas.

Se você está em uma loja procurando por um certo item, não se sinta mal por não comprar, apenas diga “gracias” e siga em frente. Permaneça tranquilo, compare os preços na próxima loja e, se você realmente quiser comprar, você pode sempre voltar.